Instalação do Django

Observação: Se você está usando um Chromebook, pule este capítulo e certifique-se de seguir as instruções para Configuração do Chromebook.

Observação: Se você já seguiu o passo a passo da instalação, pode ignorar essa seção - vá direto para o próximo capítulo!

Esta seção baseia-se em tutoriais da Geek Girls Carrots (https://github.com/ggcarrots/django-carrots).

Parte deste capítulo é baseada em tutorial django-marcador licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 4.0 International License. O tutorial do django-marcador é protegido por direitos autorais por Markus Zapke-Gründemann et al.

Ambiente virtual

Antes de instalar o Django, vamos instalar uma ferramenta muito útil para ajudar a manter o ambiente de trabalho no nosso computador organizado. Você pode pular esse passo, mas ele é altamente recomendado. Começar com a melhor instalação possível poupará você de muito trabalho no futuro!

Vamos criar um ambiente virtual (também chamado um virtualenv). O virtualenv isolará seu código Python/Django em um ambiente organizado por projetos. Isso significa que as alterações que você fizer em um website não afetarão os outros projetos que você estiver desenvolvendo ao mesmo tempo. Legal, né?

Tudo o que você precisa fazer é encontrar o diretório em que você quer criar o virtualenv; seu diretório Home, por exemplo. No Windows, pode aparecer como C:\Users\Name (onde Nome é seu usuário de login).

Observação: No Windows, certifique-se de que esse diretório não contém palavras acentuadas ou caracteres especias; se o seu usuário contém caracteres acentuados, use um diretório diferente, por exemplo: C:\djangogirls.

Para este tutorial, usaremos um novo diretório djangogirls no seu diretório home:

command-line

$ mkdir djangogirls 
$ cd djangogirls

Vamos fazer um virtualenv chamado meuenv. O formato geral desse comando é:

command-line

$ python3 -m venv myvenv
Virtual environment: Windows

Para criar um novo virtualenv, você deve abrir o terminal e executar python -m venv myvenv. Deve ficar assim:

command-line

C:\Users\Name\djangogirls> python -m venv myvenv

Onde myvenv é o nome do seu virtualenv. Você pode usar qualquer outro nome, mas sempre use minúsculas e não use espaços, acentos ou caracteres especiais. Também é uma boa ideia manter o nome curto - você irá referenciá-lo muitas vezes!

Virtual environment: Linux and OS X

Podemos criar um virtualenv no Linux ou no OS X executando python3 -m venv myvenv. Deve ficar assim:

command-line

$ python3 -m venv myvenv

myvenv é o nome do seu virtualenv. Você pode usar qualquer outro nome, mas use sempre letras minúsculas e não use espaços entre as palavras. Também é uma boa ideia manter o nome curto pois você vai escrevê-lo muitas vezes!

Observação: Em algumas versões do Debian/Ubuntu, você pode receber o seguinte erro:

command-line

The virtual environment was not created successfully because ensurepip is not available.  On Debian/Ubuntu systems, you need to install the python3-venv package using the following command.
   apt install python3-venv
You may need to use sudo with that command.  After installing the python3-venv package, recreate your virtual environment.

Caso você receba esse erro, siga as instruções acima e instale o pacote python3-venv:

command-line

$ sudo apt install python3-venv

Observação: Em algumas versões do Debian/Ubuntu, iniciar o ambiente virtual com este comando gera o seguinte erro:

command-line

Error: Command '['/home/eddie/Slask/tmp/venv/bin/python3', '-Im', 'ensurepip', '--upgrade', '--default-pip']' returned non-zero exit status 1

Para contornar esse problema, use o comando virtualenv.

command-line

$ sudo apt install python-virtualenv
$ virtualenv --python=python3.6 myvenv

Oservação: Se você obtiver um erro como

command-line

E: Unable to locate package python3-venv

no lugar do comando mostrado acima, execute esse:

command-line

sudo apt install python3.6-venv

Trabalhando com o virtualenv

O comando acima criará um diretório chamado myvenv (ou qualquer que seja o nome que você escolheu) que contém o nosso ambiente virtual (basicamente um conjunto de diretórios e arquivos).

Working with virtualenv: Windows

Inicie o seu ambiente virtual executando:

command-line

C:\Users\Name\djangogirls> myvenv\Scripts\activate

Observação: no Windows 10, você pode obter um erro no Windows PowerShell que diz execution of scripts is disabled on this system. Neste caso, abra uma outra janela do Windows PowerShell com a opção de "Executar como Administrador". Assim, execute o comando abaixo antes de iniciar o seu ambiente virtual:

command-line

C:\WINDOWS\system32> Set-ExecutionPolicy -ExecutionPolicy RemoteSigned
    Execution Policy Change
    The execution policy helps protect you from scripts that you do not trust. Changing the execution policy might expose you to the security risks described in the about_Execution_Policies help topic at http://go.microsoft.com/fwlink/?LinkID=135170. Do you want to change the execution policy? [Y] Yes  [A] Yes to All  [N] No  [L] No to All  [S] Suspend  [?] Help (default is "N"): A
Working with virtualenv: Linux and OS X

Inicie o seu ambiente virtual executando:

command-line

$ source myvenv/bin/activate

Lembre-se de substituir myvenv pelo nome que você escolheu para o virtualenv!

Observação: às vezes source pode não estar disponível. Nesses casos, tente fazer isso:

command-line

$ . myvenv/bin/activate

Você vai saber que tem um virtualenv funcionando quando vir que a linha de comando no seu console tem o prefixo (myvenv).

Ao trabalhar em de um ambiente virtual, o comando python irá automaticamente se referir à versão correta para que você possa digitar python em vez de python3.

Pronto, já temos todas as dependências importantes no lugar. Finalmente podemos instalar o Django!

Instalando o Django

Agora que você tem seu virtualenv ativo, pode instalar o Django.

Antes de fazer isto, devemos garantir que temos instalada a última versão do pip, que é o software que usamos para instalar o Django:

command-line

(myvenv) ~$ python3 -m pip install --upgrade pip

Instalando pacotes com requisitos

O arquivo "requirements.txt" guarda as depenências que serão instaladas utilizando o pip install:

Primeiramente, crie um arquivo requirements.txt dentro da pasta djangogirls/:

djangogirls
└───requirements.txt

E adicione o seguinte texto ao arquivo djangogirls/requirements.txt:

djangogirls/requirements.txt

Django~=2.0.6

Agora, execute pip install -r requirements.txt para instalar o Django.

command-line

(myvenv) ~$ pip install -r requirements.txt
Collecting Django~=2.0.6 (from -r requirements.txt (line 1))
  Downloading Django-2.0.6-py3-none-any.whl (7.1MB)
Installing collected packages: Django
Successfully installed Django-2.0.6
Installing Django: Windows

Se você receber um erro ao chamar o pip na plataforma Windows, verifique se o caminho do projeto contém espaços, acentos ou caracteres especiais (exemplo, C:\Users\User Name\djangogirls). Se sim, considere movê-lo para outro lugar sem espaços, acentos ou caracteres especiais (sugestão: C:\djangogirls). Crie um novo virtualenv no diretório recém-criado, exclua o mais velho e tente novamente executar o comando acima. (Mover o diretório de virtualenv não vai funcionar pois o virtualenv usa caminhos absolutos.)

Installing Django: Windows 8 and Windows 10

Sua linha de comando pode congelar depois de você tentar instalar o Django. Neste caso, ao invés do comando acima, use:

command-line

C:\Users\Name\djangogirls> python -m pip install -r requirements.txt
Installing Django: Linux

Se você receber um erro ao chamar o pip no Ubuntu 12.04, execute python -m pip install -U --force-reinstall pip para corrigir a instalação do pip no virtualenv.

É isto! Você agora (finalmente) está pronta para criar uma aplicação Django!

results matching ""

    No results matching ""