Como a Internet funciona

Para leitoras em casa: este capítulo é abordado no vídeo How the Internet Works.

Este capítulo é inspirado na palestra "Como a Internet funciona" de Jessica McKellar (http://web.mit.edu/jesstess/www/).

Apostamos que você usa a Internet todos os dias. Mas você sabe realmente o que acontece quando digita um endereço como https://djangogirls.org em seu navegador e aperta Enter?

A primeira coisa que você precisa entender é que um site é só um monte de arquivos salvos em um disco rígido. Igual a seus filmes, músicas, ou imagens. No entanto, há uma parte que é exclusiva para sites: ela inclui códigos de computador chamados HTML.

Se você não estiver familiarizada com programação, pode ser difícil compreender o HTML no começo, mas seus navegadores da web (como o Chrome, Safari, Firefox, etc) amam ele. Os navegadores da Web são projetados para entender esse código, seguir suas instruções e apresentar esses arquivos de que seu site é feito, exatamente como você quer.

Como qualquer arquivo, os arquivos HTML precisam ser armazenados num disco rígido. Para a internet, usamos poderosos computadores especiais chamados servidores. Eles não têm uma tela, um mouse ou um teclado, porque sua finalidade principal é armazenar dados e servi-los. É por isso que eles são chamados de servidores -- eles servem dados a você.

OK, mas você quer saber com o quê a internet se parece, certo?

Fizemos um desenho para ajudar! Veja:

Figura 1.1

Que bagunça, né? Na verdade, a internet é uma rede de máquinas conectadas (os servidores mencionados acima). São centenas de milhares de máquinas! Muitos, muitos quilômetros de cabos em todo o mundo! Para ver o quão complicada a internet é, você pode visitar um site (http://submarinecablemap.com/) que mostra o mapa com dos cabos submarinos. Aqui está um screenshot do site:

Figura 1.2

Fascinante, né? Mas, obviamente, não é possível ter um fio ligando todas as máquina conectadas à internet. Logo, para alcançar uma máquina (por exemplo aquela onde https://djangogirls.org está salva), precisamos passar uma requisição por muitas máquinas diferentes.

É algo assim:

Figura 1.3

Imagine que quando digita http://djangogirls.org, você envia uma carta que diz: "Queridas Django Girls, eu desejo ver o site djangogirls.org. Enviem-no para mim, por favor!"

Sua carta vai para a agência dos correios mais próxima de você. Então, ela vai para outra agência um pouco mais perto do destinatário e, em seguida, para outra e outra até ser entregue. A única coisa diferente é que se você enviar muitas cartas (pacotes de dados) para o mesmo lugar, elas podem passar por agências totalmente diferentes (roteadores). Isso depende de como elas são distribuídas em cada agência.

Figura 1.4

Sim, é simples assim. Você envia mensagens e espera alguma resposta. Claro, ao invés de papel e caneta você usa bytes de dados, mas a ideia é a mesma!

Ao invés de endereços com o nome da rua, cidade, código postal e nome do país, na internet usamos endereços de IP. Primeiro seu computador pergunta pelo DNS (Domain Name System - Sistema de Nome de Domínio) para traduzir djangogirls.org para um endereço de IP. Isso funciona mais ou menos como as antigas listas telefônicas em que você podia procurar o número e endereço da pessoa que queria contactar.

Quando você envia uma carta, ela precisa ter certas características para ser entregue corretamente: um endereço, um selo, etc. E você usa uma linguagem que o destinatário compreende, certo? O mesmo se aplica aos pacotes de dados que você envia para acessar um site. Nós usamos um protocolo chamado HTTP (Hypertext Transfer Protocol).

Então, de forma simplificada, um site precisa ter um servidor (máquina) onde ele vive. Quando o servidor recebe uma solicitação de entrada (numa carta), ele envia em respota seu website (em outra carta).

Este é um tutorial de Django, então você deve estar imaginando o que o Django faz. Quando envia uma resposta, nem sempre você quer mandar a mesma coisa para todo mundo. É muito melhor que as cartas sejam personalizadas, especialmente para a pessoa que acabou de nos escrever, né? O Django nos ajuda a criar essas cartas personalizadas. :)

Chega de falar, é hora de criar!

results matching ""

    No results matching ""